19de Agosto,2018

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

13 December 2012 Written by  Filipe Nobre

Geocaching no Inverno - A Cache

Com o advento da chegada das chuvas, as caches ficam sujeitas às intempéries e às inundações e por isso existem alguns pontos a ter em consideração, tanto enquanto geocachers que procuramos caches, como enquanto owners que temos as nossas “meninas” sujeitas aos caprichos do Outono e Inverno.

 

8227564283 Ece3f80694 ORecipiente

O mais importante no que toca a manter a água do lado de fora do recipiente, é o próprio recipiente em si.
Todos já vimos dezenas, centenas ou milhares de recipientes diferentes, uns de melhor qualidade, outros mais bem disfarçados ou outros ainda com alta-tecnologia envolvida. Seja como for, uma das principais preocupações ao escolher um recipiente é se vai ser submetido às forças da natureza, e se assim for convém que seja estanque à água.8228632540 Dc8d65a58f O

As melhores opções passam sempre por um recipiente que tenha sido concebido para conter precisamente líquidos. Se foi desenhado para ter líquidos lá dentro sem derramar, também será capaz de os manter do lado de fora sem problemas.

Se temos dúvidas relativamente à concepção do recipiente, devemos concentrarmo-nos em verificar se tem um vedante que trate do isolamento da tampa. É importante que o vedante fique sob pressão de ambas as partes para que vede eficazmente. Por outro lado se for muito duro e não se moldar à pressão, não irá vedar convenientemente.

8228653560 93908ee6db OSaco plástico exterior

 

Outra das coisas que se vê muito nas caches é o eterno saco de plástico que as envolve. Um saco de plástico pode até ajudar a manter a água fora do recipiente mas devemos ter em conta que estando no meio de pedras ou troncos, ao fim de meia dúzia de visitas vai-se rasgar, a água vai entrar e então o saco além de ser permeável à água passa a ter o efeito contrário: deixa-a entrar para junto do recipiente e não a deixa sair. Por isso, se pudermos, mais vale investir num recipiente melhor do que num saco de plástico que ao fim de algumas utilizações passa a ser lixo em vez de um elemento de valor na nossa cache.


8228657766 9a294fcc41 OLogbook

O logbook em si também pode ser à prova de água. Existem marcas que vendem blocos de notas resistentes à água (por ex: Rite in the Rain) mas têm um custo bastante mais elevado que um normal bloco de notas e por isso nem toda a gente está disposta a abrir os cordões à bolsa. Assim, a melhor opção para proteger o logbook é colocá-lo dentro de um saco zip-loc de modo a protegê-lo da humidade que poderá entrar dentro do recipiente.


8228661658 7e792f8a50 OAdsorvente

Há que goste também de incluir um saquinho de sílica-gel junto do logbook para eliminar a humidade. É um bom procedimento até certo ponto. Devemos ter em conta que a sílica-gel retém até um máximo de 30% do seu peso em humidade, por isso nunca irá compensar a entrada de água dentro do recipiente, apenas será útil relativamente a alguma humidade que possa aparecer no junto ao logbook. Mais que isso irá ficar ensopada e perde completamente a sua capacidade adsorvente (a sílica-gel pode ser regenerada sob algumas condições, mas perderá sempre capacidade adsorvente).


Material de escrita

8227599223 6d6b1f08f6 ORelativamente ao material de escrita, o que melhor para colocar numa cache que um lápis? As esferográficas acabam por secar ou rebentar o que ainda é pior. Pessoalmente acho que é mais fácil que quem procura a cache tenha um bom material de escrita que lhe faça o serviço na perfeição, do que esperar que o material de escrita que está na cache o salve de um eventual logbook encharcado.

Existem várias opções à escolha, umas mais eficazes que outras.
Na base das opções temos o lápis. É barato, simples de usar, escreve até de cabeça para baixo, mas não escreve em papéis molhados (excepto em papéis do tipo Rite in the Rain, onde continuam a funcionar na perfeição). É a melhor opção para colocar dentro de uma cache.

Depois temos as simples esferográficas, como a eterna BIC por exemplo. É uma opção barata mas dentro de uma cache irá acabar por secar ou rebentar se tiver muito calor e também não escreve em papel molhado porque a sua tinta é à base de óleo.
8227603943 45a1062967 OA opção seguinte são as canetas do tipo roller-ball com tinta à base de água, que escrevem em papel molhado e são uma excelente opção para se ter enquanto caneta pessoal, mas demasiado caras para serem encontradas dentro das caches.

Depois temos canetas com tinta de gel. Escrevem bastante grosso e têm um consumo de tinta bastante grande, mas também escrevem em papel molhado. Ter uma destas enquanto caneta pessoal é só uma questão de preferência.

Existem ainda canetas de feltro. Há com bico fino, outras com bico mais grosso, também escrevem em papel molhado e só dependem do gosto pessoal para se usar uma destas.

No topo da lista de preços e, pessoalmente, completamente fora das escolhas estão as canetas de tinta permanente, ou canetas de pena ou de fonte como são chamadas. São caras e pouco práticas porque largam tinta por todo o lado. São mais dignas de figurar num escritório no seu suporte do que num casaco e muito menos dentro de uma cache.


Items de troca

8229274117 330199a567 OOs objectos de troca, algo tão pouco usual hoje em dia, também podem fazer a diferença no que toca a manter o interior de uma cache seco.
Objectos construídos em materiais absorventes (uma boneca de tecido ou outro artesanato do género) apesar se poderem ser bons enquanto objectos para uma troca, se entrar água dentro do recipiente vão absorve-la e ficam ensopados, garantindo assim uma permanência de água lá dentro. Muitas vezes, quando abrimos uma cache que tenha agua no interior, é muito simples com um lenço de papel limpar meia dúzia de bonequitos de plástico e uma moeda ou outra, e ficam secos. Se houver um folheto de papel ou uma boneca de tecido só se conseguem secar ao sol (se houver), e se os deixarmos na cache a água continuará lá dentro.


8227614887 E40f91629e OO local do recipiente

O owner é soberano no que toca à colocação do recipiente, mas por vezes pode não prever o efeito das chuvas no que toca a manter o seu recipiente fora do alcance da água. Obviamente nesta secção não se pretende abordar os recipientes submersos propositadamente. Nesses o owner provavelmente terá tido o cuidado de utilizar um recipiente perfeitamente estanque. Relativamente aos outros:
Será sempre de evitar locais cuja função seja passar lá a água. 8227615043 Ed1343e93d OTenho visto várias caches colocadas dentro de canais de escoamento de água. A sério, se existe um muro que separa um terreno alto de um mais baixo, vai ter buracos deixados em aberto que servem para que a água passe sem derrubar o muro. Ao colocar lá uma cache, é o mesmo que colocá-la no leito de um rio. O mesmo se passa se colocarmos a cache num buraco cavado numa rocha e que fique voltado para cima (as marmitas por exemplo). Se não houver uma abertura por baixo a água não terá por onde sair, vai encher o buraco e submergir o recipiente.
A escolha ideal será sempre um local abrigado da chuva e onde o recipiente fique fora do alcance da água que possa eventualmente acumular-se. Por vezes basta colocá-lo por cima de uma pedra para que não fique em contacto com o solo que é mais susceptível de ensopar.


A posição do recipiente

Aqui está uma coisa tão simples e que muitas vezes simplesmente não nos lembramos.
Se colocarmos o recipiente com a tampa para baixo minimizamos a quantidade de água que ele é capaz de acumular no seu interior, caso ela entre. Por exemplo: um recipiente de 2 litros na sua posição normal tem uma capacidade para manter 2 litros de água no seu interior. Um recipiente de 2 litros virado de cabeça para baixo apenas mantém no seu interior a quantidade de água que a sua tampa retiver...


8228709460 7469337250 OAo procurar uma cache

Por vezes, ao retirarmos uma cache do seu esconderijo e ao abri-la estamos a sujeitá-la à chuva ou à humidade que eventualmente esteja depositada no seu exterior. Neste caso não há nenhum truque ou qualquer outra medida a tomar que não seja o termos cuidado para minimizar esse efeito. Tentar fazer o possível para não molhar o logbook com as nossas mãos molhadas de revirar folhas e pedras para encontrar a cache e tentar que o recipiente não apanhe chuva no seu interior...

Manutenção

A8228709400 3769786588 O manutenção, é um factor bastante importante para manter uma cache activa. Estar atento aos registos online, principalmente na época das chuvas é um passo importante para uma manutenção rápida e eficiente de modo a que a cache esteja o menor tempo possível desactivada.
Apesar de muita tinta correr relativamente à manutenção de caches alheias, não me parece que alguém reclame por limparmos a humidade do interior de uma cache e colocarmos um logbook de emergência novinho em folha dentro de um zip-loc, se tivermos um disponível.

 



6 comments

  • Comment Link Luís
Bernardes 14 December 2012 luis_pt

    Muito informativo e útil. Bom trabalho!

  • Comment Link vsergio 13 December 2012 vsergio

    Grande pinta de artigo.

    Filipe Nobre a Reviewer, já!


    [quote name="RuiJSDuarte"]Bom artigo! Estou a recuperar um LogBook de uma cache antiga, com logs de 2009 em diante por causa da humidade.
    Os logs escritos a lápis são os que melhor sobreviveram à água.[/quote]

    Ui, quero Ver isso

  • Comment Link Joaquim Safara 13 December 2012 jasafara

    Óptimo artigo. Gostei especialmente da nota sobre "A posição do recipiente". Faz realmente toda a lógica e quase nunca se encontram assim...

  • Comment Link Rui
Duarte 13 December 2012 RuiJSDuarte

    Bom artigo! Estou a recuperar um LogBook de uma cache antiga, com logs de 2009 em diante por causa da humidade.
    Os logs escritos a lápis são os que melhor sobreviveram à água.

  • Comment Link Pedro
Amorim 13 December 2012 pedroclagartos

    Excelente artigo...

    Muito útil, pricipalmente agora que o número de novos Geocachers não pára de aumentar e muitos com vontade de colocar caches...

    Parabéns,

  • Comment Link Paulo Costa
Photography 13 December 2012 pcostaphotography

    Excelente artigo e que vem relembrar que muitas das caches colocadas em containers de fraca qualidade e consequentementes zero estanquecidade vão precisar seguramente de manutenção e muitos logbooks que contêm registos de meses ou anos vão ficar ensopados.

    parabéns

    pcostaphotography

Login to post comments

Newsletter