16de Julho,2018

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

06 May 2018 Written by 

Buçaquinho - da mata ao mar

Num dia de comemoração da nossa liberdade, fomos caminhar da mata ao mar em modo geocaching. Estacionámos no Buçaquinho e preparámo-nos para uma investida em forma de percurso circular, numa altura em que o parque ainda estava quase vazio. A primeira parte já era conhecida, de outras visitas ao parque, mas é sempre muito agradável de redescobrir. O espaço está impecavelmente recuperado e é um excelente local de lazer e descanso, de fauna, flora e lagos fotogénicos. Entrámos depois na ciclovia e fomos progredindo sem pressas, acompanhados por outros caminhantes e ciclistas. Pouco depois da rotunda para a praia de Cortegaça investimos na direção do mar e passámos a andar sozinhos pela mata. Em muitas partes do percurso, o arvoredo forma pequenos túneis de uma sombra muito agradável.

Aproximámo-nos então do mar e seguimos ao longo da linha. Nunca tínhamos andado por ali, pelo que foi bom encontrar aquele litoral onde o asfalto e as construções ainda não chegam. Descobrimos algumas ligações de caminhos que trazem muitos visitantes, em particular os surfistas. Encontrámos também alguns corredores a treinar; fica a referência para investidas futuras. Caminhar ao longo da linha de mar é excelente, mesmo para quem prefere a montanha. Por vezes, e como seria expetável, o caminho de areia dificultava um pouco a progressão, mas era apenas uma desculpa delongada para apreciar a paisagem marítima.

Mais ou menos a meio da nossa caminhada, investimos na direção do VG das dunas. Escondido do mundo pela vegetação, parece um capitão esquecido à proa da história. Aproveitámos para almoçar um pouco mais à frente e descansámos de seguida. Como temos andado arredados das lides das caminhadas, os quilómetros percorridos começavam a fazer-se sentir nas pernas. Prosseguindo a nossa viagem, aproximámo-nos outra vez da ciclovia, mas fomos quase sempre progredindo pelos caminhos da mata. Fica a promessa de regressarmos para redescobrirmos a ciclovia no modo apropriado. Inclusive, mais tarde, ficámos a saber que o aluguer das bicicletas no Buçaquinho é gratuito e cada pessoa pode andar durante duas horas.

Passámos pelas instalações militares e continuámos pelos trilhos e caminhos da mata, até que o fim do percurso se começou a anunciar. O regresso ao parque fez-se num modo um pouco mais lento, já que os cerca de 21 quilómetros começavam a pesar nas pernas. Ao chegarmos descobrimos que o Buçaquinho tinha sido tomado por centenas de pessoas. Ainda assim, fomos dar mais um curto passeio lá dentro, à procura de uma vista sobranceira sobre a envolvência. Foi um excelente passeio, de regressos anunciados e em modo de corrida de bicicleta. E o mar ali tão perto!

Artigo publicado em cruzilhadas.pt

 

 



Login to post comments

Newsletter