19de Setembro,2020

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

09 May 2016 Written by  Mystique*

Caminho do Pináculo e do Folhadal PR17 [Madeira]

Madeira. Março de 2016. Encumeada. 7H30.

4 Graus no exterior, um nevoeiro que nos cobria de alto a baixo e uma chuva miudinha, fizeram com que quase desistíssemos.

Cá em baixo na ilha, o sol, mesmo ao nascer do dia, apareceu sem vergonha.

Conforme serpenteávamos serra acima… tudo mudou. Aliás, já o deveríamos saber.

As condições meteorológicas modificam-se radicalmente, principalmente se estivermos a falar em altitudes.

A Encumeada é palco de início de caminhadas várias. Percursos de Rota tais como o PR12 – Caminho Real da Encumeada, PR21 – Caminho do Norte, PR1.3 – Vereda da Encumeada, PR17 – Caminho do Pináculo e do Folhadal, podemos encontrar e até marcar um dia para cada um deles. Levam-nos para pontos diferentes da ilha, e as paisagens que podemos encontrar em cada um deles são bastante diferentes.

O escolhido, e quase desistido, de hoje foi o PR17. Algo extenso (cerca de 17 km) e com várias variantes a poderem ser feitas durante o percurso.

Ficámo-nos pela mais “normal”, mas este PR17 pode também levar-nos á Levada do Plaino Velho (que se encontra desativada) acrescentando mais uns kms à caminhada. Vários caminhos de acesso se podem tomar e várias combinações de percursos se podem fazer.

A logística é sempre importante e o facto de só contarmos com uma viatura fez com que no final, no Lombo do Mouro onde termina o percurso, tivéssemos que caminhar cerca de 3 Km pela estrada regional, até á Encumeada.

Iniciámos o percurso pela Encumeada. Foi uma decisão às cegas e durante grande parte do percurso, roguei pragas a mim própria por não ter iniciado no Lombo do Mouro. No final acabei por ficar satisfeita, porque a parte final, pela estrada regional, é feito a descer.

Este percurso…Tem uma diversidade e conjugação de paisagens brutais. Caminhamos em levadas (levada do Norte e levada da Serra), por túneis, floresta Laurissilva e até a uma casa abandonada temos direito.

Algo intenso e por vezes exigindo alguma resistência física, pois a sua altitude varia ente os 930 e os 1530 metros. Mas verdadeiramente recompensador, a beleza de tudo o que nos rodeia, não existe cansaço que nos esmoreça.

Chegámos ao carro, já perto das 18H, e a poncha que bebemos no restaurante/bar, onde tínhamos parqueado a viatura, deixou-nos com vontade de caminhar mais 20 Km. Que delícia J Chovia copiosamente, o nevoeiro continuava cerrado e nós com um sorriso de orelha a orelha. Cansados mas com a alma cheia.

Aqui fica a roadtrip de caches que efetivamente fizemos. Aproveito, para agradecer ao meu guru da Madeira, Luís Freitas, que tanto inundei com mails e perguntas. Sem ele muita coisa não teria sido possível.

Ora aqui fica:

1.     PR17-Caminho do Pináculo e do Folhadal [GC57F8J ]

https://www.geocaching.com/geocache/GC57F8J_pr-17-caminho-do-pinaculo-e-folhadal

Início de percurso na levada, multi muito simples, que nos leva até á entrada de um túnel. Encontro com duas galinhas simpáticas, que ao que parece costumam estar no espaço das merendas. Umas comilonas J

 

2.     Wawui’s Leva [GC36ZJH]

https://www.geocaching.com/geocache/GC36ZJH_wauwis-leva

Primeira UAU cascata. Depois de atravessar o túnel, começa o verdadeiro percurso. Momento fantástico. A chuva continuava a não nos deixar, tirar algumas fotos foi complicado. A cascata era enorme, com um barulho ensurdecedor. Rodeados de verde, nevoeiro e água, momento mágico.

3.     Arco da Velha [GC4Z9GA]

https://www.geocaching.com/geocache/GC4Z9GA_arco-da-velha

Após ler os logs imaginava um acesso terrível, pois temos de sair do trilho principal para acedermos a este pequeno tesouro.

Esta foi a surpresa do dia. Após passarmos o túnel (mais um), subimos as pequenas escadinhas logo á esquerda e é pela pequena levada acima que vamos subindo. Fantástico misto de cores das folhas caídas no chão e do musgo do rebordo do canal da água.

E sobe-se. E mais um cadinho. O que temos à nossa espera… vale tudo a pena.

Cascata da Ribeira das Feitas com os seus imponentes 42 mts.

E o hide da cache está perfeito. Vê-se que não foi atirada ali para um canto qualquer. Sinal de GPS é inexistente. Fica a dica.

9 favoritos para um local destes, é perturbador. Tais como as 51 visitas.

 

4.     Vistas Fantásticas [GC45GGV]

https://www.geocaching.com/geocache/GC45GGV_vistas-fantasticas

Chegada a determinada altura do percurso, temos escolhas a fazer.

Para visitar esta cache, temos de seguir por umas escadas, num desvio à direita ao invés de seguir pela levada.

Descemos, descemos. Não imaginava o que iria ter que subir.

Esta parte do percurso, embora lindíssima, deu-me cabo das perninhas. Não as contei, mas serão centenas de escadas, até chegarmos ao local da cache.

Infelizmente Vistas Fantásticas, não tive nenhumas. O nevoeiro nem os meus pés me deixava ver.

Estávamos encharcados e um vento gélido soprava. Sei que estávamos bem alto. E também sei que as vistas deveriam ser fabulosas.

Pausa para comer algo e descansar os músculos que tremiam com a subida.

 

5.     Isaac Newton Tribute [GC5B0QF]

https://www.geocaching.com/geocache/GC5B0QF_isaac-newton-tribute

As paisagens começavam pouco e pouco a mudar.

Esta cache, segundo o owner situava-se na Levada do Plaino Velho.

O local era tão bonito, meio floresta mágica, que ficámos com pena de não seguir a levada até à sua Madre. Mas não havia tempo.

E será sempre um motivo para regressar.

 

6.     Flashlight [GC5QKJQ]

https://www.geocaching.com/geocache/GC5QKJQ_flashlight

Esta caixinha fica num trilho, rodeados de árvores cheias de vida própria.

Um bosque mágico, em que só faltavam as fadas esvoaçantes e duendes marotos.

Paisagens que pareciam saltar de ilustrações de livros encantados.

 

7.     Casa do Caramujo [GC34383]

https://www.geocaching.com/geocache/GC34383_casa-do-caramujo

Esta caminhada estava pejada de paisagens únicas.

Quando o GPS apitou que faltavam X metros para a cache e saímos do caminho e atravessamos o muro que dava acesso às abandonadas e tradicionais casas rurais no meio daquele nevoeiro, foi estranho.

Meio sonho, meio acordados, seguimos a seta e um manto de pétalas rosa, que jaziam pelo chão. Uma senhora árvore, linda e envolta numa névoa, guardava a cache.

Local que provavelmente sem estas condicionantes, não terá metade da piada.

Guardo a memória como um local muito mágico.

 

8.     São Vicente “ViewPoint” [GC49YCX]

https://www.geocaching.com/geocache/GC49YCX_sao-vicente-view-point

Nova mudança de paisagem. O verde continua a acompanhar-nos, mas o bosque mágico ficou para trás.

Um miradouro natural, saído do trilho principal.

Devido às condições climatéricas não foi possível avistar São Vicente.

 

9.     “Cachoeira” [GC49XPM]

https://www.geocaching.com/geocache/GC49XPM_cachoeira

Seguindo o trilho, uma simpática cascata aparece para nos cumprimentar.

Esta parte do percurso, e praticamente até ao final, faz com tenhamos que nos cobrir várias vezes, pois quedas de água são constantes a escorrer pela montanha.

Muitas molhas até ao final apanhámos a partir daqui.

10.  Pináculo / Monte Medonho [GC45GFX]

https://www.geocaching.com/geocache/GC45GFX_pinaculo-monte-medonho

Mas que grande  Pináculo. Sentamo-nos no banco de pedra que se encontra no caminho e nos permite disfrutar da visão de tão grande monte.

Devido ao sinal do GPS e à não leitura da listing como deve ser, ainda andámos Pináculo acima, à procura sabe-se lá do quê.

Afinal o esconderijo da dita é num local fantástico bem escondido de quem passa, seguindo um pequeno trilho a descer, à beira do caminho.

A partir daqui foi seguir até ao Lombo do Mouro, onde descemos uma imensa escadaria de pedra, que parecia não acabar. Conseguimos ter algumas vistas para toda a montanha que nos rodeava. Lindo J

Chegados à estrada regional… foi virar à esquerda e andar. Cuidado com as derrocadas que podem provir da montanha que vos acompanha do lado esquerdo.

"Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". Antoine Lavoisier

 

Texto / Fotos: Sónia Fernandes (Mystique*)

Artigo publicado na GeoMagazine#20.

 



Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Newsletter