22de Fevereiro,2018

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

07 May 2016 Written by  javs&family

Cantos & Recantos #4 Lapa da Boavista

Por Cantos & Recantos a caminhada continua, desta vez nas terras altas da Serra de Montejunto e com o objectivo bem traçado! Encontrar a Lapa da Boavista.

Chegamos cedo à serra de cima, o dia estava óptimo, temperatura amena, vento suave de noroeste e visibilidade perfeita para a nossa aventura, cachemobil estacionado junto do casario do Arieiro, material devidamente verificado e cá vamos serra a cima.

Para quem não conhece, a Serra de Montejunto é a serra mais a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, localiza-se nos concelhos de Alenquer e Cadaval, na região Oeste de Portugal e está classificada como Paisagem Protegida desde 1999.

Marca indelével da paisagem que a envolve a Serra de Montejunto caracteriza-se por ser um grande maciço calcário, que se eleva a 666 metros,  dividindo a planura da Lezíria da rugosidade do Oeste.

A proximidade do Atlântico molda-lhe o clima, a litologia e o clima impõem-lhe a vegetação e a ancestral presença humana deixara-lhe, os monumentos, os achados arqueológicos e as lendas e agora o Geocaching  apresentou-a ao Mundo.

Enquanto observava o casario do Arieiro e caminhava no estradão de terra batida, distraidamente, rumo ao objectivo deixamos uma Geocache para trás “A Casa”, mas como o caminho de volta não era o mesmo voltamos  uns metros para trás para a logar, valeu a pena estes passos para trás porque esta casa em ruína é um belíssimo exemplar da Arquitectura tradicional serrana que merecia melhor sorte.

Logada “A Casa”, seguimos em direcção à "Penha do Meio Dia" depois ao "Tiro aos Pratos" e posto mais um sorriso no mapa seguimos no caminho do "Moloiço", à esquerda, onde o velho pinhal persiste de pé e moldado pelo tempo que o tempo tem.

"Moloiço" à vista, mas que nome é este que ninguém tem memória do que quer dizer? Só sei que este é o nome do único moinho do Oeste onde se avista em porções iguais a Terra e o Mar.

 

Chegou a altura de deixar o caminho do Moloiço e virar à direita pelo caminho da Coitada até chegar à escarpa da falha de "Pragança", pelo caminho a vegetação sempre verde dos matagais mediterrânicos bordam a nossa passagem de cheiros e chegados ao fim do caminho é o Mundo que a nossa vista alcança que nos acolhe e nos espanta, cheguei ao penhasco da Coitada.

Segundo a lenda local, neste penhasco, bem por cima da Lapa da Boavista, de superfície aplanada, andava uma pastora a guardar o seu rebanho quando subitamente desceu uma densa nuvem sobre o local, a pastora assustada e sem visibilidade avançou na direcção dos sons dos chocalhos dos animais e caiu do penhasco abaixo, sendo ali encontrada morta. Então o povo dizia coitada da pastora que no meio do nevoeiro se desorientou e ali encontrou a morte, ficando para sempre este penhasco conhecido como o Penhasco da Coitada.

Descemos pelos degraus naturais talhados na escarpa da falha de Pragança e cheguei à Lapa da Boavista, nem queria acreditar, estava perante uma grande dobra anticlinal com uma lapa talhada nas camadas do seu núcleo, virei-me e lá estava outra vez o Mundo todo que a nossa vista alcança, olhei em meu redor e na pequena rechã fronteira à Lapa da Boavista as Rosas Albardeiras dominavam e já espreitavam a luz do Sol, estão quase em flor, vantagens da Primavera.

Sentei-me dentro da Lapa, a frescura do local ajudou-me a recuperar o folgo e a paisagem a limpar a alma, a meus pés abre-se o anfiteatro de Pragança, dominado pela Penha do Meio-Dia à direita e a Falha da Tojeira à esquerda, o puzzle rural de verdes e vermelhos mesclados com o casario branco  fazem a Terra, o azul e prata fazem o Mar, o silêncio dos sons da natureza e a frescura da brisa fazem o Ar e tudo em nós muda, os sentidos não têm mãos a medir e queremos absorver todo o momento sem perder um segundo que seja e quando um lugar só por si, nos oferece tanto sem cobrar nada em troca e nos reforça de felicidade, então esse é o nosso Lugar e a Lapa da Boavista é um dos meus Lugares. 

A Lapa da Boavista quando publicada será uma Earth Cache do Pedro = GeoCadaval.

Um especial agradecimento ao Rui Henriques = americo.vespucio pela informação contida neste texto! 

Desejo a todos Boas Cachadas e até já com um outro Canto & Recanto perto de ti,

javs&family



2 comments

  • Comment Link JoseSousa 28 May 2016 javs

    Só para informar que a EarthCache Lapa da Boavista já se encontra ativa.
    Boas Cachadas,
    Abraço e até já

  • Comment Link prodrive 07 May 2016 prodrive

    Aguardo a publicação da Earthcache. Fiquei curioso :)

Login to post comments

Newsletter