27de Maio,2019

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

ValenteCruz

ValenteCruz

Sunday, 26 May 2019 10:50

DraveTrail_19

Desde a primeira visita, o reencontro anual com a Drave tornou-se uma tradição obrigatória, quase como se fosse ato religioso. Nos últimos anos algumas dessas visitas foram num contexto de trail, uma modalidade que em Portugal saiu do berço nas serras da Freita e Arada. Como tem sido habitual, o evento deste ano dividia-se entre a caminhada, desde Regoufe, e a corrida, desde Póvoa das Leiras. Manhã cedo rumei à Póvoa e quando lá cheguei já o grupo estava reunido para enfrentar a serra.

Iniciámos a corrida no espetacular Trilho Inca. Apesar de despido de vegetação pelos incêndios passados, o caminho pela escarpa mantém-se impressionante e  de vistas dominantes sobre o vale. Quando passámos pelos Dois Pinheiros da Garra os céus decidiram abençoar-nos a corrida com alguma chuva. Felizmente foi passageira. Ao invés da habitual descida para o rio seguimos em frente pela crista e subimos ao monte proeminente sobre Covelo do Paivô. No pico, parecia que estávamos num trono de vistas circundantes para as encostas mágicas.

Seguiu-se uma descida abrupta pelos picos do tojo e da carqueja, que fez sobressair riscos nas pernas e a evidência de que nesta serra se deve correr de meias compridas. A descida para o rio Paivô fez-se depois num suspiro, passamos pelas poldras e investimos pelo trilho da direita. Chegados ao fim do caminho rural, e volvidos cinco anos desde que o Ultra Trail deixou de passar por ali, a subida para o PR Na Senda do Paivô fez-se a custo pela vegetação cerrada, já que o trilho desapareceu. No conforto da Senda, o trilho segue pelo lajeado forjado pela persistência humana em unir as aldeias vizinhas.

Na passagem por Regoufe ficamos a saber que os lobos têm andado a rondar as serranias próximas. A breve paragem serviu para cumprimentar alguns caminhantes que tinham vindo de longe para o evento e lá subimos para o Alto de Regoufe, onde contemplamos a Garra na sua plenitude. A corrida pelo PR – Aldeia Mágica fez-se num instante e é fantástico ver a Drave surgir por entre as linhas escondidas dos montes.

É sempre um prazer reencontrar a Aldeia Mágica e percorrer as suas ruas sinuosas de xisto. Cada pedra parece contar a história de cada habitante por ali deambulou. E, em cada história, por entre a saudade do abandono, reescreve-se o futuro de um lugar especial, onde os caminheiros do amanhã reencontrarão o refúgio natural para escapar ao bulício da vida moderna.

Após o reencontro de todos os participantes no evento, uma rápida visita guiada a um casal suíço encantado pelo lugar e o encontro de outros caminhantes com amigos comuns (o mundo da Drave é realmente um lugar pequeno), investimos a jusante da ribeira da Drave. Este talvez seja um dos meus percursos preferidos na região. Desta vez o caudal generoso tornou-o ainda mais desafiante. Ainda assim, consegui chegar à Quinta do Pego com os pés enxutos.

Chegados à quinta, encontramos mais um personagem deste vale, o sr. António, um entrevistados do documentário “Uma montanha do tamanho do homem”. Nascido e criado naqueles montes, num intervalo do arranjo da casa, foi um prazer ouvir a sua história de vida.

Depois do Pego as dificuldades de progressão aumentaram. De uma forma ou de outra todos foram à água. Depois de passarmos a antiga ponte lá surgiu o trilho que nos haveria de levar Garra acima. A subida constante é extenuante e em cada vislumbre da linha do monte parece que nunca mais chegaremos ao cimo. Porém, olhando para trás, vamos ganhando perspetiva sobre o vale do Paivô e a esperança faz-se caminhando, um passo atrás do outro. À passagem pelos Dois Pinheiros, com o terreno menos abrupto, a certeza do fim fica apenas a uma curva pelo Trilho Inca.

Os cerca de 24 km do trail podem ser vistos/descarregados aqui.

Muito obrigado a todos pela presença em mais um evento pelas montanhas mágicas da Drave!

Artigo publicado em cruzilhadas.pt

Monday, 13 May 2019 17:00

Love Escarpas da Mizarela

LOVE LOVE AROUCA

Aventura, Desporto, Natureza e Geocaching - Uma Experiência Mágica!

Adventure, Sport, Nature and Geocaching - A Magic Experience!

Love Escarpas da Mizarela

[PT]

“As escarpas da Mizarela têm muito para nos ensinar sobre a fauna e a flora desta «Serra Encantada», que é a Freita. Este percurdo permite uma passagem pela Estação da Biodiversidade e por algumas das mais privilegiadas vistas sobre a Frecha da Mizarela.”

[EN]

"The escarpments of Mizarela have much to teach us about the fauna and flora of this "Magic Mountain", Freita. This route allows a passage through the Biodiversity Station and some of the most privileged views of the waterfall Frecha da Mizarela."


 O evento / The event

[PT]

Primeiro passo do Love Love com um dia em grande nas escarpas da Mizarela. Verdadeira aula de geologia ao céu aberto, partiremos da Castanheira em busca de um trilho antigo, com passagem pelas fantásticas lagoas a montante da grande cascata. No regresso à Castanheira visitaremos o museu das Pedras Parideiras e o vizinho Radar Meteorológico, que oferece vistas fantásticas sobre o planalto da Freita.

[EN]

First step of Love Love with a big day at the escarpments of Mizarela. A true geology lesson in the open sky, we will leave Castanheira in search of an old trail, passing through the fantastic lagoons upstream of the great waterfall. On the way back to Castanheira we will visit the Museum of Pedra Parideiras and the neighboring Radar Meteorológico, which offers fantastic views to the Freita plateau.

Horário / Time:
  • 09h00 - Encontro na Castanheira (Pedras Parideiras) / Meeting at Castanheira
  • 09h30 - Visita às Pedras Parideiras / Visit to the museum
  • 10h30 - Visita ao Radar Meteorológico / Visit to the meteorological tower
  • 11h30 - Início do percurso / Start  of the hiking
  • 13h00 - Almoço volante no Caima / Lunch
  • 14h30 - Paragem na cascata / Visit to the waterfall
  • 17h00 - Regresso à Castanheira / Return the Castanheira
[PT]

Para inscrição no museu e radar completem por favor o formulário através da seguinte ligação:

[EN] 
For registration please complete the form through the following link:
 
 
[PT]

Os participantes deverão levar alimentação, bebidas, roupa e calçado adequados, de forma a realizarem os percursos em autonomia.

[EN]
Attendees should bring adequate food, beverages, clothing and footwear in order to carry out the event.
 

 

LOVE LOVE AROUCA

Montanhas Mágicas / Magic Mountains!

 

Outras atividades / Other activities:

No Mega Evento / At the ground zero:

    • Concurso de recipientes criativos / Creative containers contest
    • Exposição de geocoins / Geocoin show
    • Geocaching Adventure LabCaches
    • Partilha de Travel Bug e Geocoins / Travel Bug and Geocoin exchange  

 Sítios a visitar / Places to visit:

[PT]

Degustação de doçaria conventual e regional: Vitela Arouquesa assada, cabrito assado, posta arouquesa e bife de alvarenga; castanhas doce e... muito mais!

[EN]

Conventual and regional sweets tasting: Roasted Arouquesa veal, roasted lamb, Arouquesa steak and Alvarenga steak; sweet nuts and... much more!

 

Informações / Informations:

 

Tuesday, 07 May 2019 20:18

Love Love Arouca

Aventura, Desporto, Natureza e Geocaching - Uma Experiência Mágica!
Adventure, Sport, Nature and Geocaching - A Magic Experience!
17 agosto 2019 august 17, 2019

 

Programa / Events:

-> Dia/day 15 - Love Escarpas da Mizarela

-> Dia/day 16 - Love Drave

-> Dia/day 17 - Love Rio de Frades

-> Dia/day 18 - Love Passadiços do Paiva

 

 ... para que possas desfrutar ainda mais deste paraíso!
.... so you can have more time to enjoy this paradise!

 

[PT]

E se, de repente, se abrisse, diante de si, na paisagem rochosa, nos rios que correm com pressa, no verde da paisagem, no silêncio da montanha, um livro vivo, contando a história da Terra?

Quem chega a Arouca não consegue deixar de surpreender-se a cada passo, e o destino não é apenas o fim da viagem. É, antes, o início de uma outra aventura, recuando no tempo, até ao início de uma história com mais de 500 milhões de anos.

Mas, mais do que chegar, é preciso viver. E esse viver passa pelas experiências únicas que aqui se abrem. Há percursos pedestres para percorrer, conhecer e registar nos melhores álbuns fotográficos da memória. Trilhos fabulosos para deixar a aventura correr, em BTT. Explosões de adrenalina, nos desportos de aventura do Paiva. Aldeias tradicionais, que guardam e projetam para o futuro a memória de quem aqui viveu e vive. O artesanato, o folclore, as tradições, que continuam a contar a história de Arouca. E tudo isto, tudo o que faz parte de nós e nos define, está aqui guardado, preservado e à espera de ser contado e deixado como herança aos vindouros.

Arouca... um território a descobrir... um "Love Love" para viver!

   

[EN]

What if suddenly you were presented with a live book telling the history of the Earth represented on the rocky landscape, the rivers running in a hurry, the green of the landscape, and the silence of the mountain?

Those who arrive in Arouca are surprised at each step, and the destination is not only the end of the journey. It is, on the contrary, the beginning of another adventure, going back in time, until the beginning of a history with more than 500 million years.

But, more than arrive in Arouca, we must live. And to live means passing through unique experiences that arise in this place. There are pedestrian trails to go through, to meet and to record on the best photo albums of the memory. There are amazing trails that let the adventure continue by mountain bike. There are explosions of adrenaline in the adventure sports of the Paiva. There are traditional villages that keep and plan for the future the memory of those who lived and still live here. There is the handicraft, the folklore and the traditions that keep telling our history. And all that makes part of us and defines us is kept and preserved here, waiting for the moment to be told and left has a heritage to the future generations.

So, here, you will always have your place in the history... Love Love... Arouca...

   

LOVE LOVE AROUCA

Montanhas Mágicas / Magic Mountains!

  Outras atividades / Other activities: No Mega Evento / At the ground zero:

    • Concurso de recipientes criativos / Creative containers contest
    • Exposição de geocoins / Geocoin show
    • Geocaching Adventure LabCaches
    • Partilha de Travel Bug e Geocoins / Travel Bug and Geocoin exchange
    • Parabéns Geocaching! (com bolo) / Happy birthday Geocaching! (with cake)
    • Anúncio Love Love... 2020! / Announcement of Love Love... 2020!  

Sítios a visitar / Places to visit:

[PT]

Degustação de doçaria conventual e regional: Vitela Arouquesa assada, cabrito assado, posta arouquesa e bife de alvarenga; castanhas doce e... muito mais!

[EN]

Conventual and regional sweets tasting: Roasted Arouquesa veal, roasted lamb, Arouquesa steak and Alvarenga steak; sweet nuts and... much more!   Informações / Informations:

Page 1 of 23

Newsletter