22de Junho,2017

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

14 April 2017 Written by  Kelux

Geocoin-Portugal-2016-Douro

Depois de ter o prazer de criar as geocoins portuguesas de 2008 e 2011, entre outras a título pessoal, e, com a mudança para a Amazónia, as minhas últimas produções basearam-se nas temáticas brasileiras e em encomendas de terceiros, pelo que não tinha vindo a participar dos Concursos de Ideias anuais promovidos pela comunidade através dos fóruns, desde 2012.

No entanto, como o primeiro Concurso levado a efeito pelo GeoPT.org no ano da sua inauguração, foi conduzido por mim, senti uma certa responsabilidade de participar em 2016, especialmente depois de perceber que havia o risco de nenhuma proposta ser sequer apresentada.

Não me cabe a mim tentar perceber as razões por trás dessa eventual falta de interesse, mas acredito que os anos mais recentes tendo sido bastantes desafiantes para muitos de nós, fizeram com que as prioridades sejam certamente outras, mais relacionadas com o que é essencial na vida de cada um.

Assim, quando a fase de apresentação de propostas já terminava, decidi esboçar uma ideia básica que já me havia ocorrido desde a época em que o Alto Douro Vinhateiro foi reconhecido como Património da Humanidade da UNESCO, em 14 de dezembro de 2001; criando uma geocoin dedicada a essa região maravilhosa.

Sendo a única proposta a votação,  a vitória estava assegurada à partida, bem ao estilo das eleições na Coreia do Norte. :)

O Alto Douro Vinhateiro é uma região com uma área de cerca de 26 mil hectares no nordeste de Portugal, onde se cultiva a vinha há mais de 2000 anos. O produto mais representativo é naturalmente o Vinho do Porto, cultivado e exportado desde o séc. XVII, que levou à criação da primeira Região Vinícola Demarcada do mundo em 1756. O Alto Douro Vinhateiro compõe-se por 3 sub-regiões, Baixo-Corgo (51%), Cima-Corgo (36%) e Douro Superior (13%), que se estendem pelo território de 13 concelhos, sendo que Vila Nova de Foz Côa representa 10% de toda a Região Demarcada.

O Vinho do Porto pode ser apreciado em algumas variedades, desde o Lágrima (branco) e o Ruby ambos de 3 anos, depois o Tawny, Estilo Vintage, Crusted, Late Bottled Vintage e Vintage, todos com mais de 6 anos de envelhecimento em barril ou garrafa.

A parte da frente da geocoin tem apenas dois elementos gráficos sobrepostos, um cálice de Vinho do Porto e um cacho de uvas, para lá dos textos “Port Wine”, “Geocoin Portuguesa 2016” e a referência obrigatória à homepage do Geocaching.

O verso mostra um trecho do Rio Douro, com os seus caraterísticos socalcos de vinhas. Por cima o texto “Alto Douro Vinhateiro – Património da Humanidade” e na base o código de rastreamento.

Tendo também ficado encarregue da produção da geocoin, os moldes e amostras foram solicitadas à fábrica em 14 de setembro e recebidas em 10 de outubro. Enquanto isso decorria a angariação de interessados, que nos permitiu proceder a um pedido de produção final de 250 geocoins, em 21 de novembro, depois de todas as reservas pagas.

Em relação às amostras, houve apenas a necessidade de utilizar cores mais escuras quer no vinho, quer nas uvas. Aparentemente os amigos chineses preferiam um rosé a um bom ruby. :)

As geocoins foram finalmente enviadas de Hong Kong para Portugal a 13 de dezembro, felizmente ainda a tempo de serem depositadas no sapatinho de alguém na véspera de Natal, mantendo a tradição de termos as nossas geocoins disponíveis no ano a que se referem e não no ano seguinte.

 

FICHA TÉCNICA

Design e Produção: Kelux Geocoin Design

Patrocínio e Distribuição: GeoPT.org

Quantidade: 250

Acabamentos: Ouro (200); Prata (50)

Cores: Frente (5); Verso (7)

Com ícone e código de rastreamento em www.geocaching.com

Dimensões: 55mm x 45mm x 3mm

 

Texto / Fotos: Rui de Almeida (Kelux)

 

 

Guardar



Login to post comments

Newsletter