18de Julho,2018

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

Geopt - Faz Anos


Boas Vindas, Felicitações, Sugestões e Duvidas sobre o fórum.

Moderadores: prodrive, hulkman, migueis

Avatar do Utilizador

Geopt Proud Member
Geopt Proud Member

Mensagens: 27471

Registado: domingo 25 abr 2010, 01:07

Localização: Lisboa

Mensagem Post: #201 a quarta 26 abr 2017, 16:51 

Re: Geopt - Faz Anos

Geo Âncora Escreveu:...A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns. A meu ver os fóruns têm inúmeras vantagens sobre os grupos de Facebook por exemplo, mas a verdade é que é lá que todos se ligam diariamente...

Verdade. É esta a principal causa.

O "comodismo" que o Cláudio há muito tempo aponta para a falta de participação em actividades de tipo associativo, alargou-se ao virtual. Agora até atrás de um computador é muito mais fácil colocar likes, fazer partilhas ou comentários de duas linhas do que ter de pensar um bocado para fazer uns posts com conteúdo...
Isto da parte dos participantes "passivos"., Muitos dos "activos" também se renderam porque o que postam em redes sociais tem muito mais retorno dos participantes "passivos" que um post aqui :)
É um retorno de treta mas é retorno...
Vejam no NetFlix o Black Mirror - Perdedor (Nosedive) - S03E01 ;)
Imagem Imagem Imagem
Avatar do Utilizador

Geocoin
Geocoin

Mensagens: 797

Registado: segunda 07 fev 2011, 19:44

Mensagem Post: #202 a quarta 26 abr 2017, 17:27 

Re: Geopt - Faz Anos

jasafara Escreveu:Vejam no NetFlix o Black Mirror - Perdedor (Nosedive) - S03E01 ;)


excelente séria, diga-se de passagem [8D]
Imagem Imagem Imagem
Avatar do Utilizador

Geocoin
Geocoin

Mensagens: 806

Registado: terça 27 ago 2013, 19:23

Localização: Leiria

Mensagem Post: #203 a quarta 26 abr 2017, 19:54 

Re: Geopt - Faz Anos

Geo Âncora Escreveu:[8D]
A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns.


Não foi um pouco e não se cinge apenas aos fóruns. Acompanho o crescimento e desenvolvimento das redes sociais na Internet desde os anos 90 e a banalização dos likes e dos tweets tem consequência direta na forma como as comunidades online socializam, mas está a ter (e terá ainda mais) impacto na vida real. As pessoas deixaram de saber escrever, falar e comunicar desenvolvendo raciocínios, dando opiniões fundamentadas e estruturadas. As empresas de marketing sabem que um vídeo com mais de X segundos não pode entrar no mercado, porque a nossa atenção irá desligar-se ao fim daquele tempo. Hoje é tudo telegráfico, curto e imediato. Esta nova forma de socializar alterou e alterará a sociedade humana tal como a conhecemos, e isso nota-se em especial nas crianças e adolescentes de hoje e no relacionamento que têm com o mundo real, onde a frustração, a angústia e a desilusão estão diretamente associadas à incapacidade de lidar com resultados não-imediatos, sejam eles de ordem emocional ou material.
Avatar do Utilizador

Geopt Proud Member
Geopt Proud Member

Mensagens: 27471

Registado: domingo 25 abr 2010, 01:07

Localização: Lisboa

Mensagem Post: #204 a quarta 26 abr 2017, 20:41 

Re: Geopt - Faz Anos

AntMadeira Escreveu:
Geo Âncora Escreveu:[8D]
A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns.


Não foi um pouco e não se cinge apenas aos fóruns. Acompanho o crescimento e desenvolvimento das redes sociais na Internet desde os anos 90 e a banalização dos likes e dos tweets tem consequência direta na forma como as comunidades online socializam, mas está a ter (e terá ainda mais) impacto na vida real. As pessoas deixaram de saber escrever, falar e comunicar desenvolvendo raciocínios, dando opiniões fundamentadas e estruturadas. As empresas de marketing sabem que um vídeo com mais de X segundos não pode entrar no mercado, porque a nossa atenção irá desligar-se ao fim daquele tempo. Hoje é tudo telegráfico, curto e imediato. Esta nova forma de socializar alterou e alterará a sociedade humana tal como a conhecemos, e isso nota-se em especial nas crianças e adolescentes de hoje e no relacionamento que têm com o mundo real, onde a frustração, a angústia e a desilusão estão diretamente associadas à incapacidade de lidar com resultados não-imediatos, sejam eles de ordem emocional ou material.

É pá! Tantas palavras. Não consegui ler tudo [:D]
Imagem Imagem Imagem
Avatar do Utilizador

Geopt Lackey
Geopt Lackey

Mensagens: 7238

Registado: segunda 26 abr 2010, 18:49

Mensagem Post: #205 a quarta 26 abr 2017, 23:02 

Re: Geopt - Faz Anos

AntMadeira Escreveu:
Geo Âncora Escreveu:[8D]
A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns.


Não foi um pouco e não se cinge apenas aos fóruns. Acompanho o crescimento e desenvolvimento das redes sociais na Internet desde os anos 90 e a banalização dos likes e dos tweets tem consequência direta na forma como as comunidades online socializam, mas está a ter (e terá ainda mais) impacto na vida real. As pessoas deixaram de saber escrever, falar e comunicar desenvolvendo raciocínios, dando opiniões fundamentadas e estruturadas. As empresas de marketing sabem que um vídeo com mais de X segundos não pode entrar no mercado, porque a nossa atenção irá desligar-se ao fim daquele tempo. Hoje é tudo telegráfico, curto e imediato. Esta nova forma de socializar alterou e alterará a sociedade humana tal como a conhecemos, e isso nota-se em especial nas crianças e adolescentes de hoje e no relacionamento que têm com o mundo real, onde a frustração, a angústia e a desilusão estão diretamente associadas à incapacidade de lidar com resultados não-imediatos, sejam eles de ordem emocional ou material.


Infelizmente, não poderia estar mais de acordo contigo...
Imagem Imagem Imagem Imagem

Geopt Proud Member
Geopt Proud Member

Mensagens: 28004

Registado: segunda 15 mar 2010, 20:20

Mensagem Post: #206 a quinta 27 abr 2017, 13:11 

Re: Geopt - Faz Anos

AntMadeira Escreveu:
Geo Âncora Escreveu:[8D]
A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns.


Não foi um pouco e não se cinge apenas aos fóruns. Acompanho o crescimento e desenvolvimento das redes sociais na Internet desde os anos 90 e a banalização dos likes e dos tweets tem consequência direta na forma como as comunidades online socializam, mas está a ter (e terá ainda mais) impacto na vida real. As pessoas deixaram de saber escrever, falar e comunicar desenvolvendo raciocínios, dando opiniões fundamentadas e estruturadas. As empresas de marketing sabem que um vídeo com mais de X segundos não pode entrar no mercado, porque a nossa atenção irá desligar-se ao fim daquele tempo. Hoje é tudo telegráfico, curto e imediato. Esta nova forma de socializar alterou e alterará a sociedade humana tal como a conhecemos, e isso nota-se em especial nas crianças e adolescentes de hoje e no relacionamento que têm com o mundo real, onde a frustração, a angústia e a desilusão estão diretamente associadas à incapacidade de lidar com resultados não-imediatos, sejam eles de ordem emocional ou material.

LIKE [:D]
Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do Utilizador

Geocoin
Geocoin

Mensagens: 620

Registado: terça 07 jun 2011, 18:04

Mensagem Post: #207 a quinta 27 abr 2017, 13:33 

Re: Geopt - Faz Anos

bodi.bifes Escreveu:
jasafara Escreveu:Vejam no NetFlix o Black Mirror - Perdedor (Nosedive) - S03E01 ;)


excelente séria, diga-se de passagem [8D]

Subscrevo a opinião de excelência da série e desse episódio em particular. E podemos vê-la por muitos meios, não tem de ser necessariamente no Netflix. [}:)] [;)]
Avatar do Utilizador

Geocoin
Geocoin

Mensagens: 620

Registado: terça 07 jun 2011, 18:04

Mensagem Post: #208 a quinta 27 abr 2017, 13:56 

Re: Geopt - Faz Anos

AntMadeira Escreveu:
Geo Âncora Escreveu:[8D]
A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns.


Não foi um pouco e não se cinge apenas aos fóruns. Acompanho o crescimento e desenvolvimento das redes sociais na Internet desde os anos 90 e a banalização dos likes e dos tweets tem consequência direta na forma como as comunidades online socializam, mas está a ter (e terá ainda mais) impacto na vida real. As pessoas deixaram de saber escrever, falar e comunicar desenvolvendo raciocínios, dando opiniões fundamentadas e estruturadas. As empresas de marketing sabem que um vídeo com mais de X segundos não pode entrar no mercado, porque a nossa atenção irá desligar-se ao fim daquele tempo. Hoje é tudo telegráfico, curto e imediato. Esta nova forma de socializar alterou e alterará a sociedade humana tal como a conhecemos, e isso nota-se em especial nas crianças e adolescentes de hoje e no relacionamento que têm com o mundo real, onde a frustração, a angústia e a desilusão estão diretamente associadas à incapacidade de lidar com resultados não-imediatos, sejam eles de ordem emocional ou material.

Imagem :)
Avatar do Utilizador

Geocacher Viciado
Geocacher Viciado

Mensagens: 1391

Registado: quarta 27 jun 2012, 17:22

Mensagem Post: #209 a quinta 27 abr 2017, 15:20 

Re: Geopt - Faz Anos

Aquele momento em que a ironia se torna dolorosa! :P
Avatar do Utilizador

Geocoin
Geocoin

Mensagens: 791

Registado: quarta 28 abr 2010, 08:32

Mensagem Post: #210 a quinta 27 abr 2017, 15:55 

Re: Geopt - Faz Anos

AntMadeira Escreveu:
Geo Âncora Escreveu:[8D]
A banalização das redes sociais desvirtuou um pouco o propósito dos fóruns.


Não foi um pouco e não se cinge apenas aos fóruns. Acompanho o crescimento e desenvolvimento das redes sociais na Internet desde os anos 90 e a banalização dos likes e dos tweets tem consequência direta na forma como as comunidades online socializam, mas está a ter (e terá ainda mais) impacto na vida real. As pessoas deixaram de saber escrever, falar e comunicar desenvolvendo raciocínios, dando opiniões fundamentadas e estruturadas. As empresas de marketing sabem que um vídeo com mais de X segundos não pode entrar no mercado, porque a nossa atenção irá desligar-se ao fim daquele tempo. Hoje é tudo telegráfico, curto e imediato. Esta nova forma de socializar alterou e alterará a sociedade humana tal como a conhecemos, e isso nota-se em especial nas crianças e adolescentes de hoje e no relacionamento que têm com o mundo real, onde a frustração, a angústia e a desilusão estão directamente associadas à incapacidade de lidar com resultados não-imediatos, sejam eles de ordem emocional ou material.


Plenamente de acordo e o geocaching, que se vai vendo, é um bom exemplo ilustrativo da opinião. Os likes foram transformados nos favoritos, na maior parte não acompanhados com o relato daquela descoberta, os relatos são todos iguais por motivos de tempo, e as fotografias, e alguns relatos, vão sendo publicados em exclusividade no facebook transformando o geocaching em facecaching.

As caches, aquelas que representam o sorriso no mapa, o sorriso na cara de quem as descobre e também, em algumas, uma boa aventura vão-se empobrecendo. Ir ler os relatos das descobertas torna-se uma experiência quase franciscana no que toca à quantidade de palavras com sentido para ler e à quantidade de fotografias ilustrativas. A incapacidade de lidar com resultados não-imediatos também podem ser vistas em várias ocasiões: ainda a alguma distância já se telefona para a providencial ajuda de casa, os mistérios não são para tentar pois apareceram por artes mágicas e as caches com desafios maiores são conquistadas em modo espectador de bancada e sem sequer seja esboçada a mínima tentativa.

O Geopt faz anos? Parabéns e venham muitos mais.
AnteriorPróximo

Voltar para FORUM

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

Powered by PHPBB - Geopt.org 2013

Newsletter