14de Agosto,2022

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

31 May 2011 Written by  Gustavo Vidal

Geotalk - Schprlck

O Schprlck é um dos Geocachers portugueses mais enigmáticos. Com um nick verdadeiramente impronunciável, e com uma actividade praticamente nula, ficará para sempre ligado à história do Geocaching em Portugal, como owner de uma das mais míticas caches em território luso: Fenda da Calcedónia.
O Geopt teve oportunidade de lhe colocar algumas perguntas, a propósito da recente chegada às Finalistas dos Prémios GPS.

A Fenda da Calcedónia é uma das caches finalistas dos Prémios GPS. Tens acompanhado o processo ou é uma que te passa literalmente ao lado?

Sinceramente, tem-me passado ao lado. Em parte por falta de tempo, em parte porque o Geocaching perdeu para mim um pouco do interesse. Comecei no geocaching há vários anos, altura em que todas as caches eram sinónimo de um dia excelente, regra geral em sítios paradisíacos. Agora a cada 10 metros há uma cache, até no meio das rotundas.


Continuas a ler o que os Geocachers escrevem nos logs da Fenda da Calcedónia, ou desligaste-te totalmente do assunto?

De tempos a tempos dou uma vista de olhos, por curiosidade, mas passo meses sem ver, pelo motivo anterior.

Como é que surgiu a oportunidade de esconder a cache da Fenda da Calcedónia? Já lá voltaste alguma vez depois de a teres escondido?

A Fenda da Calcedónia era um local que eu já conhecia, de passeios e caminhadas. Nessa altura estes passeios eram quase sagrados, todos os fins de semana, na companhia de um amigo. Resolvemos pôr uma cache num destes sítios que íamos conhecendo, e a Fenda da Calcedónia foi o local escolhido. O mérito não é meu, é dos dois e dos muitos fins de semana que passamos a descobrir a Península Ibérica. Quando começámos a fazer Geocaching criámos uma conta, que por acaso acabou por ficar em meu nome.

 

Continuas com disponibilidade para manter a Fenda da Calcedónia?
Conto com o Nandini e outros aficionados para me darem um "olho" na cache.

O teu último found, data de 2007, altura em que foste ao Geo-Cimbalino. Desde então voltaste a pegar no GPS?

O GPS acompanha-me desde que saíu o e-Trex original, também conhecido por e-Trex Yellow. Nessa altura (e durante uns anos depois disso) não conhecia ninguém que soubesse o que era um receptor de GPS. Desde aí tive vários equipamentos, desde relógios a PDAs, Tablet-PCs (Origamis originais) e unidades standalone. Neste momento tenho um Forerunner 205, um Navicore Bluetooth, um Motorola xoom e um Dell Streak, ambos com GPS e usado regularmente. Para Geocaching, no entanto, nenhum deles tem sido usado.

O teu nick é dos mais complicados de pronunciar. O que é que significa? Como é que se pronuncia mesmo?

O meu nick vem dos tempos da Faculdade de Engenharia da UP (circa 1990), altura em que fiz um jogo com um colega. Queríamos um nome diferente e pensámos num nome "indizível": Schprlck. Como não era possível dizê-lo, adicionamos o "o". O jogo chamar-se-ia "Schprlock II" (apesar da inexistência do "Schprlock I" mas acabou por não ser publicado e caír no esquecimento. Quando tive que me registar num serviço online (não me lembro qual), precisei de um nome e lembrei-me deste, que foi ficando até hoje.

Alguma mensagem final para os utilizadores do Geopt?

Espero que os meus comentários não seja levados como uma crítica negativa ao Geocaching. Eu pessoalmente abandonei o desporto porque acabou por evoluir por caminhos que não me despertam a atenção - a mim pessoalmente. Não se pode agradar a todos, e se vos der um décimo da diversão que me deu a mim, já é um passatempo que podem recomendar a todos.

Obrigado pela oportunidade dada ao Geopt para esta pequena entrevista!



8 comments

  • Comment Link Paulo
Hercules 01 June 2011 paulohercules

    Schprlck muito obrigado pela cache na Fenda da Calcedónia que, é uma das minhas favoritas.

    Quanto aos comentários sobre ensinar e partilhar, por experiência própria tenho encontrado pessoal, arrogante com um espírito pouco aberto que, não aceitam críticas construtivas e, não querem ajuda nem aprender porque, praticar Geocaching à maneira deles é que está bem...

    Conclusão, com o passar do tempo a vontade de partilhar o pouco que aprendi ao longo da minha curta carreira de Geocacher tem diminuído bastante.

  • Comment Link Joaquim Safara 31 May 2011 jasafara

    [quote name="Peter"]... o geocachinig cresceu, ja nao da para ir para um sitio e fazer todas as caches que la existem sem que muitas sejam desilusão. como tal, escolhe-as. ve os ratings, opinioes e faz as que te chamam atenção... nem mais.. é o que faço agora :)[/quote]
    Nem mais! É esta a solução para quem só quiser fazer caches de qualidade...

  • Comment Link Pedro Santos 31 May 2011 Peter

    penso que acima de tudo é um evoluir de algo que todos nos adoramos e queremos partilhar. entreajuda existe muita. ensino existe muito, basta consultar o forum do GEOPT pra constatar isso. ninguem fica sem a sua duvida tirada. temos de nos adaptar as mudanças e ao crescimento. como me disse uma vez um grande sabia, chamado Hugo Silva: o geocachinig cresceu, ja nao da para ir para um sitio e fazer todas as caches que la existem sem que muitas sejam desilusão. como tal, escolhe-as. ve os ratings, opinioes e faz as que te chamam atenção... nem mais.. é o que faço agora :)

  • Comment Link Pedro Santos 31 May 2011 Peter

    o geocaching começa a parecer-se com a politica em portugal :)
    concordo em tudo o que o Schprlck disse, e partilho da mesma opiniao. nao sou tao radical ao dizer que as caches ja nao tem sentido, pois cada owner terá a sua razao para colocar a cache. soluções.. pois.. tal como na politica, nao existem. todos se queixam, e nada fazemos. é mais facil falar e criticar e nada fazer para mudar, dai a minha primeira frase.

  • Comment Link nandini 31 May 2011 nandini

    Temos de ser sinceros quanto a uma coisa: há demasiadas caches em portugal. Desde caches de bosta, powertrails, eventos ranhosos e outras tretas. Isto desvirtua o geocaching.
    Educar? Como se educa gente que só quer acrescentar founds? Que só quer logar e não aproveita/ desfruta os sitios? Que loga mesmo quando a cache não está lá?
    Perderam-se muitos valores neste anos, mas pronto, ganharam-se mais adeptos da actividade.. seja isto bom ou mau não há volta a dar. Por isso mesmo só faço caches em boa companhia ou quando vou para o estrangeiro. É que lá ainda não há esta maldita febre....

  • Comment Link Ruben
Sousa 31 May 2011 Nocturnosbike

    Se calhar compete a quem anda no mundo do geocaching a mais tempo "educar" os novos membros... Vários comentários negativos tenho lido em relação "ao caminho que o geocaching" tem percorrido no nosso pais e soluções???Alternativas? É o simples abandono da actividade... Sejamos criativos, sejamos positivos! Ajudem!Mas é mais fácil desistir e criticar... Mudem de atitude!

  • Comment Link FloraCardoso 31 May 2011 Lusitana Paixão

    Simplesmente o meu maior OBRIGADA Hugo por me teres proporcionado uma das melhores geo-aventuras de sempre, A Fenda da Calcedónia.
    Gostei da entrevista!

  • Comment Link Alexandre Gonçalves 31 May 2011 genios_de_gibraltar

    Não sou tão "radical" mas partilho de uma afirmação do Schprlock: há de facto um excesso de caches em locais que não se destacam por nada de especial. É uma cache no meio da rotunda, outra numa oliveira só porque é uma oliveira banal, outra no sobreiro só porque é um sobreiro, coisa nunca vista. Ou só porque são perto da casa da prima. Existem também muitas caches com páginas cheias de erros ortográficos inacreditáveis, ou que foram mal colocadas, sem preocupação com as coordenadas, ou em sítios sujos, sem vistas, sem história, sem um percurso agradável, sem uma só característica especial que nos faça dizer "fiz uma cache que valeu a pena", "aprendi algo", ou simplesmente "foi giro".
    Isto é realmente pena num país com história, paisagem, cultura e imaginação para muito melhor.
    Parabéns pela entrevista! Mas olha que há muitas caches no Porto que valem a pena. Das poucas que fiz quase todas tinham interesse.

Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Newsletter