13de Junho,2024

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

20 August 2010 Written by  Bolacha

Geotalk - João Lopes (Lopesco)

Quem pensa que o Lopesco é apenas o João Lopes, engana-se… Lopesco é uma team, constituída pelo João Lopes e pela Cristina Cruz (Cris) inicialmente com o nick cruzmc, mais tarde passaram a assinar os logs apenas na conta Lopesco.
O João Lopes foi um dos divulgadores do Geocaching nacional na rádio e televisão, primeiro na antena 3 (1ªparte e 2ªparte), depois na Radio Renascença e mais tarde no programa SóVisto da RTP.
Também é o principal impulsionador dos eventos WWFM em Portugal, que são aglomerações instantâneas de pessoas em um determinado local público através de uma acção inusitada previamente combinada, e assim como como se reúnem, dispersam-se rapidamente, deixando os transeuntes baralhados e sem saber o que afinal se passou. A ideia de o aplicar ao Geocaching nasceu através do Podcacher e as novas ideias são discutidas no fórum dos mesmos.

- Olá João, como tiveste conhecimento do geocaching e qual a primeira cache que descobriste?
Tivemos conhecimento do Geocaching através do Afonso Loureiro, tanto ele como nós, somos de eng. geográfica. Vem daí o gosto pelos GPS e mapas. Um dia o Afonso falou-nos do Geocaching, achamos piada e decidimos acompanha-lo numa caçada e a primeira cache que descobrimos foi a Waterworks.

- Entre jogares sozinho ou com um grupo de amigos, qual preferes?
Mas isso pergunta-se?! Acho que das caches que visitei, apenas em 10% fui sozinho.
Sempre acompanhado! Quantos mais, melhor! Galhofa constante! Geoaching é isso!

- Se tivesses que eleger um momento memorável de Geocaching, qual seria?
Só 1? Oh bolas... Bom...
Foi um DNF, mas dos bons! Na Grande Muralha da China (The Great Wall of China), o 60CSX dizia que estava lá uma cache e nós vai de procurar discretamente e tal… mas não estávamos a dar com ela e estávamos na grande muralha!!! A possibilidade de lá voltarmos para vingar um DNF, é muuuuito reduzida e procuramos mais e com mais afinco.
Eu desisti, mas a Cris não e contínua a mexer, remexe, olha por baixo e por cima... A cache estaria numa zona não muito frequentada por turistas, o que por um lado dificulta a coisa, pois não é vulgar estarem ali 2 turistas a apalpar a muralha toda, às tantas a Cris estava "cega" pela procura ou com a procura.
Eu digo-lhe que é melhor parar, pois os polícias e seguranças da muralha já começavam a olhar para nós e já que a muralha resistiu centenas de anos às invasões e guerras, convinha que não fossemos nós a escavaca-la... mas calculo que se não parasse a Cris, ela era mulher para não deixar pedra sobre pedra, até achar o tupperware, foi um DNF que soube muito bem!

Um dos Found, foi a “Nunca Percas o Norte”, que foi a missão Odisseia do MightyReek, onde Cris ia na caixa aberta da Pickup, com a Dakidali, PLNauta, Bolachinha e os “Bolachas”.
Há várias maneiras para uma cache ser memorável, a cache em si, outras em que a cache é quase dispensável...
A cache, para nós é a cereja no topo de um bolo gigantesco… Um bolo muito grande e a cereja está lá em cima canita e o bolo é feito do passeio, da galhofa, do convívio e já tivemos desses bolos, como por exemplo “A noite das bruxas” em Sintra e o “1º Acampamento geocaching” na Serra da Estrela.
Não tens de encontrar a cache para passares um bom bocado, ou mesmo um bocado memorável!
Desses bolos, eu não queria apontar este ou aquele, pois eu sei que quando acabar de falar contigo vou me lembrar de outro…

- Qual a cache que mais prazer te deu em encontrar?
Eh lá... Escolher uma... Gostamos muito da cache Os Maias, foi das primeiras enigmas/multi que fizemos, acho que era a nossa nº20 ou algo assim e, julgava eu e a Cris, que conhecíamos bem a zona de Sintra, mas essa cache, levou-nos a olhar para os sítios já por nós conhecidos, de outra maneira, transportando-nos ao tempo do livro “Os Maias”. Começamos de dia e acabamos já era de noite e chovia a potes! Mas demos com ela e que bem que soube!

- Tens alguma cache ou desafio debaixo de olho que gostarias de fazer oportunamente?
Devido a uma conversa aqui no fórum, fiquei intrigado com a cache que nos leva a conhecer uma cascata em vila nova de Milfontes, segundo o Prodrive, será a “J-ATBASH-te Banho? [VN1000F]”, quero ver se lá dou um salto e há dias, ainda me pus a fazer contas de cabeça por causa do powertrail de Espanha, o das 210 caches ou lá quantas são… Nunca fiz nenhum, e a fazer esse com um grupo porreiro, deve ser coisinha para nos ficar na lembrança para sempre...

- Fala-se muito nos Fóruns e no Feedback do Geocaching sobre o regresso das caches Virtuais, concordas?
Não! Acho que começarão a aparecer virtuais "porque sim" aos pontapés!
Sem qualidade, sem nada para ver, nada para aprender e vulgarizando a coisa, visto que é muito complicado controla-las, acho que elas devem estar onde estão, nas waymarks!

- Mesmo que fosse obrigatório a foto no local?
Nem vou por aí… Não é pelo facto de lá irem ou não, cada um faz o geocaching que lhe apetecer.
Acho que qualquer sítio dá para esconder uma cache, uma vez disseram-me uma frase, que me deixou a pensar, é isto:
“Tens de moldar a tua cache em função do ambiente, e não o ambiente em função da cache! Se o local não te permite uma cache grande, colocas mais pequena (mas nanos não!) ”
Temos exemplos de locais de tráfego imenso e que tem caches, portanto, a desculpa de que, não dá para esconder uma cache, não é bem verdade... Dá sempre, pode dar trabalho a camuflagem, mas dá sempre...

- Se pudesses, o que mudavas no Geocaching em geral?
Há uma ou outra coisa pequenina que gostava de ver mudada mas são só detalhes...
De um modo geral, acho que não mudava nada, porque quem faz o Geocaching somos nós, o que o é para mim, pode não ser para ti… Mas para alguns é diferente, visto que cada um já o molda para os seus interesses, não mudava nada.

- Sendo tu o principal impulsionador dos WWFM em Portugal, achas que os Portugueses aderiram bem a este tipo de eventos?
Wow!!! Com os WWFM, deveríamos ser mais ousados, acho que somos (eu incluído) muito envergonhados.
No dos mapas, a ideia era passearmos de mapas abertos com 12000 pessoas a passarem por nós, mas não surtiu o efeito desejado, tivemos azar pois no mesmo dia estava a decorrer a manifestação dos professores, quando apontei a data do evento não sabia da existência desta manifestação e assim não tivemos o resultado esperado.
O dos sacos em Almeirim, foi muito bom, os cagaços que os miúdos apanhavam… :mrgreen:
O das almofadas, já não achei tanta piada... Principalmente na parte em que ouço a Dakidali a gritar: MOCHE AO LOPES!!!
Mas por acaso, esse WWFM, acho que foi o resultou melhor... Não é todos os dias que se vê uma luta de almofadas nos Restauradores...

- Tens alguma ideia mais ousada para um evento de WWFM, que por algo motivo ainda não colocaste em prática?
Tivemos algumas ideias, mas não davam para aplicar, ou ser de noite, (às 18h no inverno já é de noite), ou porque obrigavam às pessoas a ter de comprar algo e isso é de evitar...

- Tu que praticas escalada e Geocaching, achas que deveria haver mais caches e eventos que envolvessem escalada?
Não acho que haja necessidade de mais… Acho que estamos bem servidos de caches com escalada.
Eventos com escalada, é mais complicado… A quantidade de material, idealmente deveria haver um seguro de acidentes pessoal, uma coisa é ires com uns amigos trepar umas paredes, mas se aparece mais gente é o perigo de alguém se magoar... Já sem falar do desgaste do equipamento.
Para um evento onde aparecem algumas dezenas de pessoas, para manter a coisa fluída, envolve outra logística; logística essa que aparentemente vai haver no evento do penedo da amizade, em Sintra.
Se ainda por cima aparecerem lá mais "lagartixas" com o seu equipamento, abrem-se mais 2 ou 3 vias e assim consegue-se colocar muita gente a escalar e devidamente acompanhadas para que não haja nenhum azar.

- Como é que surgiu a oportunidade de realizar a entrevista com a Ana Galvão para a Antena 3?
Podem ver a história detalhada aqui neste tópico...
Após a reportagem para a ant3na, de vez em quando, eu a Ana Galvão trocamos umas palavras por e-mail ou agora pelo Facebook, pois ela ficou mesmo com o bichinho, diz que agora quando o Pedro crescer, que vai começar a sério.
Houve uma noite que ela foi dançar a um programa de que não me lembro do nome, e no dia a seguir mandei-lhe um e-mail a dizer que a gostei de ver e que dançou muito bem, ela, ao responder sugeriu que fizéssemos então a peça para o SóVisto.

- Achas que essa entrevista foi uma divulgação positiva para o Geocaching?
Não! Pois foi graças a ela que o mtrevas veio para o geocaching... e isso eu não me perdoo... :D
Agora a sério, não notei grande diferença do antes para o após.

- Achas que a divulgação massiva do Geocaching em meios generalistas de comunicação não poderá ter mais desvantagens que vantagens?
Depende do que consideras massiva…
Acho que é tudo percentual, se pode contribuir para muita cache que mais valia não aparecer?!
Sim contribui, mas também contribui para sangue novo, novas ideias e algumas caches muito boas! Mas com essa divulgação "massiva" não acho que o Geocaching nacional esteja mau, antes pelo contrário.

- Tens tido Feedback de alguns Geocachers que descobriram esta actividade graças a uma reportagem em que tivesses participado?
Uma ou outra pessoas que ouviu na rádio ou que viu na TV meteram-se comigo, mas já conheciam o geocaching e que eu saiba, só o trevas é que entrou nesta coboiada à nossa conta.

- Obrigado João
De nada e Abreijos!



3 comments

  • Comment Link Bolacha 25 August 2010 bolacha

    Já para não falar do facto de ter feito a entrevista em boxers :cry:

  • Comment Link RKelux
de Almeida 21 August 2010 rkelux

    Nesta entrevista só não focaram a faceta mais chat(a) do Lopesco.
    Sendo o "administrador do condomínio" do principal chat de Geocaching, após o Lumacafi lhe ter transmitido o testemunho quando viajou para o Brasil... é um chat(o) de primeira. :lol:

    Um verdadeiro divulgador do Geocaching!

    Só é pena de vez em quando passar-me fruta avariada... mas dá-se com alentejanos de muito bom feitio.

  • Comment Link Oscar Migueis 20 August 2010 migueis

    Afinal o Joao é um artista.
    E eu que pensava que só usava aquelas bolinhas estranhas :lol:

Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Connect

Newsletter