24de Janeiro,2022

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

15 January 2013 Written by  clcortez

clcortez found Trilhos & Carvão - TV01

Found it clcortez found 2 Trilhos & Carvão - TV01

12.30h - Trilhos, fósseis e dinossauros na Rota do Carvão

"Avistados dinossauros em Porto de Mós

Segundo informações de ultima hora, foram avistados três dinossauros na zona de Porto de Mós, na antiga Rota do Carvão. Os mesmo estariam a caminhar em direcção à vila, e vinham acompanhados de familiares e amigos.
Esta espécie é dificil de avistar, normalmente andam sozinhos e raramente aparecem nas povoações, mas desta vez os Portemosenses tiveram como prenda de Natal esta rara visita de três espécimes de 2002 e 2003, que terminaram a visita a petiscar numa conhecida pizzaria da localidade."

8382030200 5e9a3b02fb O

Há uns dias atrás recebi uma chamada. Gosto destas chamadas, normalmente são convites para bons momentos de geocaching ou novidades fresquinhas. Mais uma vez não desapontou: um convite singular, o PCardoso em Portugal para passar o Natal e queria fazer uma caminhada para "matar saudades". Uma das hipóteses era a Rota do Carvão, e o Manel não hesitou em me ligar a fazer o convite. Por ser a um dia de semana, seria complicado mas por ser na semana do Natal tentaria conjugar esforços para poder participar. O Manel alargou o convite aos restantes Expedicionários, mas exactamente por ser um dia de trabalho mais ninguém nos acompanhou.

8382030762 Beeed38661 O

Chegado o dia, estava combinado às 9.30h em Porto de Mós, e para além de mim e do Manel estaria o Pedro Cardoso com a esposa, Clara e o pequenote. Juntar-se-ia também um geocacher que vive em Porto de Mós e que é amigo da família Cardoso, sendo tal como eles biólogo.
Acabei por ter que preparar o dia para poder estar mais descansado o resto da tarde, o que me fez sair mais tarde de Lisboa. Voando em direcção à Mina da Bezerra, onde comecaria a caminhada, por Rio Maior e depois pela serra por caminhos secundários cheguei ao ponto inicial quase 2h depois dos colegas se terem encontrado. Tinha mais de 1h de atraso, mas estava disposto a recuperar o avanço.
Ainda para ajudar uma retroescavadora esteve uns quantos minutos a abrir um buraco para um poste ocupando toda a estrada, o que ainda me atrasou mais. Mas o objectivo estava traçado: apanhá-los no máximo junto à cache.
Tinha também levado a máquina de filmar para apanhar algumas imagens da Rota agora transformada em Ecopista. Desde os tempos do velho caminho de balastro e mato que não o atravessava, estava por isso curioso para ver como tinha ficado depois das obras.

8380948717 0d24a7a83d O

Estacionado junto ao campo de futebol da Bezerra, começo a descida, primeiro ainda umas centenas de metros no alcatrão, e depois finalmente o início da Ecopista, agora com um portão que evita a passagem a veículos motorizados. Notório o investimento que aqui se fez, só em sinalizadores LED no chão nem quer imaginar quanto foi...

Devo admitir que os primeiros quilómetros foram feitos num misto de passo acelerado, marcha, e corrida ligeira. Um tripé, uma mochila e máquinas na mão não permitiam mais. Umas paragens breves para fotografar e filmar, comtemplar paisagem, beber uns tragos de água e voltava à minha marcha descendente.
Tal não era a embalagem que me esqueci que havia uma cache pelo meio do caminho junto à casqualheira da curva. Ficará para um próxima.
Mais umas rectas, umas ligeiras curvas à esquerda, um miradouro sobre a vila de Porto de Mós e por fim avistado o 1º túnel. E logo depois avistado o Manel, que já vinha andando ligeiramente para trás. Segui até ao grupo, que terminava o petisco e a paragem técnica para também fazer a cache, e foi a minha vez de tentar. Pelos vistos, caí na mesma asneira do Manel, e com as coordenadas que tinha fui parar umas duas dezenas de metros acima de onde está a cache, subindo por entre os dois túneis uma enconsta inclinada, húmida, escorregadia, cheia de musgo, perigosa. Já lá em cima mandaram-me para baixo, pois claro... :)

8382030514 A68b5b71e5 O

O Manel deu-me umas luvas para mão dizendo que podia precisar delas...foi isso que me enganou, e os passos dele cravados no musgo. Foi só seguir o trilho e claro, tal como ele se tinha enganado também eu me enganei. Depois de descer e tentar ser mais racional na busca e menos apressado lá dei com o local da cache e com o dito garrafão de 5l de água que alguém deixou, e bem, junto à mesmo. É que para quem faz a Ecopista e só termina em Porto de Mós este ponto coincide com o meio do percurso, e a ausencia de pontos de água será certamente sentida se não forem preparados.

Depois de assinar o logbook e de também tirar a foto da praxe com a fisga do Manel, seguimos os 6 para baixo, terminando poucos metros depois a ecopista e entrando em caminho mais acessível a outros veículos. Ali, decidimos continuar pela antiga linha descendo até junto à entrada da antiga pedreira que ficava e meio da encosta, encravada entre a linha que ziguezagueava a enconsta da serra.
Depois de chegados a este ponto rumámos por entre vinhas, instalações industriais e depois casas até ao local de encontro e final da caminhada, a velha Central Termoeléctrica.

8382030672 96e62cd6c8 O

Chegádos ao local, uma pausa para restabelecer algumas energias e depois uma visita à Central.
Para mim era uma nova visita a um local já conhecido, pois era ali que terminava a nossa cache da Rota do Carvão, local que tinhamos escolhido para terminar esta caminhada de cerca de 12km desde a entrada da Mina da Bezerra até ali.
A história da cache da Rota do Carvão foi um dos marcos importantes no meu geocaching. Poder ter uma cache a meias com o Olharapo quase no seu quintal foi algo que me orgulhou muito. Infelizmente a cache não durou muito, porque o local da cache final foi vandalizado. Depois foi já em 2010 que acabou por ser aquivada porque nem eu nem o Paulo conseguimos dar-lhe os melhoramentos necessários. Foi pena a sua perda, mas agora temos uma Ecopista melhorada, caches ao longo da mesma, e um passeio muito agradável para fazer, conforme se pode ver pelas fotos.

8380948799 Da736d2045 O

Bom depois da visita à central eu o Manel e o Pedro fomos buscar os outros carros ao ponto inicial da caminhada e visitar umas dezenas de metros da mina, que para eles era desconhecida por completo.
Voltámos a Porto de Mós, e procurámos um local para almoçar, acabámos ali perto do centro numa pizzaria recomendada por um colega de trabalho, de onde saímos já bastante depois das 16h.

Despedidas, e cada um foi para o seu lado. Aproveitando o caminho para Lisboa ainda desencaminhei o Manel para ir comer Picante do Tou Perdido a Rio Maior.

Muito obrigado pela dia proporcionado, onde a cache foi apenas o bónus desta caminhada feita entre amigos!

Cláudio Cortez



2 comments

  • Comment Link Cláudio Silva 15 January 2013 Acori

    Muito fixe! Fiquei com uma enorme vontade de visitar o local.

    E agora com a nova IC9 que liga precisamente Tomar a Porto de Mós, será sem duvida um destino a ter em conta e obrigatório.

  • Comment Link Joaquim Safara 15 January 2013 jasafara

    Muitos parabéns Cláudio.
    Deves ser um gajo importante. Foste alvo de uma vandalização virtual do artigo.
    Não é possível fazer aqui mais porcarias, assim uma vandalização virtual é atribuir 1 a um artigo ou zero a um post que por nenhuma razão objectiva ou de gosto o justificaria.

Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Newsletter