17de Julho,2018

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

Saturday, 05 November 2016 10:00

Cantos & Recantos #10 7 Sombras

O Cantos & Recantos deste mês dá-vos a saber de uma Geocache do tipo LetterBox localizada na Freguesia de Ribeirão Concelho de Vila Nova de Famalicão, com data de Publicação de 04 de Setembro de 2016 de nome 7 Sombras

Mais um Excelente trabalho das InvisibleCatchers e do Miguel_arq onde nada foi deixado ao acaso, é uma GeoCache muito interessante para testar a tua capacidade de resolver problemas que são valorizados em um ou mais ambientes culturais ou comunitários que ocorrem durante a nossa vida, pela parte educativa o que a torna muito cativante e Não Só, cada ponto é uma surpresa e um desafio ao mesmo tempo!

Estás disposto/a a submeter-te a este processo de recrutamento e descobrires quais são os teus pontos fortes e quais os pontos a serem melhorados? Se a resposta é SIM, analisa muito bem as informações que te colocam em cada desafio!

No recrutamento os candidatos são submetidos a várias e diversificadas provas, cuja superação deve ser confirmada On-Site!

Cada desafio tem instruções próprias e devem ser analisadas minuciosamente antes de iniciares a tarefa.

O trabalho de equipa é uma das chaves para o sucesso, pelo que são necessárias no mínimo 2, idealmente 4 e no máximo 6 pessoas para superar este missão!

Os conteúdos das provas não serão divulgados, mas podemos adiantar que são 7 as áreas de competência em análise.

São 7 os tipos de inteligência que podem ser desenvolvidos e, habitualmente, os comuns mortais conseguem desenvolver 1 de forma aprofundada e ao nível de um especialista.

Antes de partires a aventura que tal ficares a saber um pouco sobre a Teoria das Inteligências Múltiplas.

 

A Teoria das Inteligências Múltiplas de Gardner

A inteligência

Os dicionários definem inteligência, numa primeira acepção, como a faculdade que o indivíduo possui de conhecer e apreender.

Mas o dicionário Houaiss vai ainda mais longe e define inteligência como “o conjunto de funções psíquicas e psicofisiológicas que contribuem para o conhecimento, para a compreensão da natureza das coisas e de significado dos fatos” e adiciona que inteligência é a “capacidade de resolver problemas”.

Também para Howard Gardner a inteligência é mais ainda, e define-a como “a capacidade de resolver problemas ou de elaborar produtos que sejam valorizados em um ou mais ambientes culturais ou comunitários”.

Gardner identifica pelo menos sete dessas áreas, sugere que não existe uma capacidades intelectual geral, e estabelece a dúvida sobre a possibilidade de medição da inteligência através de testes de papel e lápis.

Para Gardner são de grande importância as diferentes actuações, valorizadas diferentemente em culturas e contextos diversas. E daqui decorre a sua definição de inteligência que já visitámos.

Neste contexto, não há uma competência intelectual mais importante do que outra, e todos (a não ser por uma anomalia) têm a capacidade de desenvolver todas as inteligências.

Gardner afirma que os indivíduos dispõem de graus variados de cada uma das inteligências e que há maneiras diferentes de elas se organizarem e se combinarem.

Cada ser humano utiliza essas capacidades intelectuais para resolver um determinado conjunto de problemas, entre os que se lhe deparam, e eventualmente criar produtos, mais ou menos valorizados pela cultura em que se insere.

 

A GeoCache e o Local

7 Sombras em 13 de Agosto de 2016

 

 

                                                     Não havia melhor dia do que este para testar algumas das minhas capacidades e Não Só!



A Shadow Intelligence Unit 7 (SIU7), com sede em Vila Nova de Famalicão, convidou-me a participar no recrutamento de agentes de alto nível.

Fui informado que tinha uma missão (quase) impossível, sendo imprescindível a garantia de que trabalham com os melhores, assim alguns dos melhores foram convidados a testar estas provas multifacetadas para avaliação de diversas competências aos futuros agentes.

Depois de estacionado o CacheMobile, às 17h00 foi eefectuadoum pequeno briefing no local.

Fomos informados que pretendem que no recrutamento os candidatos sejam submetidos a várias e diversificadas provas, cuja superação ou não deve ser confirmada, através de carimbo, em formulário próprio.

7 foi a quantidade de desafios/provas, 7 são as areas de competência, 7 os tipos de inteligência que podem ser desenvolvidos e, habitualmente, os comuns dos mortais conseguem desenvolver 1 de forma aprofundada e ao nível de um especialista. É necessário trabalho em equipa!

Depois de responder afirmativamente a submeter-me a este processo de recrutamento e descobrir quais são os meus pontos fortes e quais os pontos a serem melhorados, juntei-me a mais 5 recrutas que também aceitaram o desafio, confirmação do material necessário para os desafios/provas e lá iniciamos o

1ª prova, ler as instruções e que da primeira vez foram lidas sem se dar muita atenção, ERRADO estas devem ser lidas e analisadas minuciosamente antes de se iniciar o desafio/prova. Só assim conseguimos superar este primeiro desafio perante o ar atento de um dos membros do corpo de instrução!

2ª prova, depois de lermos as instruções agora sim minuciosamente mas mesmo assim...neste ponto se fosse sozinho não o superaria, de todo não tenho esta capacidade e não sei se alguma vez a terei! Esta capacidade não é para todos, aqui precisava de um Amigo das Caldas que é expert neste "Tipo de Inteligência" e que seguramente têm esta capacidade bem afinada! Mas como é necessário trabalho de equipa, lá estava de entre outros o naim&familia para nos ajudar a superar este desafio.

3ª prova, esta a que mais gostei de superar, esta, caros instruendos é fascinante quantas vezes estás tu frente a frente com alguém e não percebes nada do que o outro interveniente está a dizer?! Pois é mas daqui não consegues sair sem o perceberes na integra.

4ª prova, mais um quebra-cabeças ou talvez não, aqui não ligues o complicómetro tem calma e relaxa pois vais perceber que afinal esta capacidade até é a tua praia. Eu que não gosto nada de enigmas até superei este com relativa facilidade.

5ª prova, uma parede em branco com dois símbolos de operações matemáticas (+-) e agora querem testar-nos a capacidade da matemática? Não, nada disso aqui o desafio é pura fisica! Não percebes nada de fisica? Não te preocupes algum dos membros da tua equipa seguramente conseguirá concluir com exito este desafio!

6ª prova, esta é uma questão de pericia e não só! Nada que alguém não consiga superar eu diria que todos sabemos que para fazer crochet são precisas 2 agulhas, Certo?

7ª prova, para esta prova superar com exito aqui até te podes ver a duplicar ou não, será que bebeste bebidas aalcoólicas Aqui não vês nada nem com a luz do dia nem com a luz da noite, a luz certa terás de utilizar, para este enigma decifrar!

8ª prova, agora vamos lá usar de mais uma capacidade, qual? Eu diria a paciência e não só! Mas esta também é necessária para aqueles momentos em que tens que estar ali a observar e não podes fazer nada!

Atenção estas provas podem não estar por ordem. Porquê? Porque esta é uma das capacidades que os agentes têm que ter, sabes qual é?

Bem em suma terminamos a missão tivemos o devido reconhecimento e resultado da avaliação, onde não tive a capacidade em uma delas! E tu terás a capacidade de reconheceres se tens ou não todas as capacidades apresentadas nesta missão?

Agora já faço parte da base de dados da SIU7 e terei a igual oportunidade de participar em missões da vida real, com base nas minhas capacidades!



Mas que grande aventura, gratos pelo convite para testar os desafios e as minhas capacidades, por todo o trabalho desenvolvido aqui e não só.

Isto é GeoCaching!

Seguramente uma das que voltaremos a ouvir falar e onde voltarei de certeza para mais aventuras.

Esta GeoCache faz parte da minha lista de Favoritos e Não Só!

Desejo a todos Boas Cachadas e lanço o desafio para que venham procurar esta GeoCache e se divirtam tanto quanto nós nos divertimos.

Aos owners, InvisibleCatchers e Miguel_arq o nosso muito obrigada por GeoReferenciarem este Local.

Até já com um outro Canto & Recanto perto de ti,

javs&family

Curiosidades sobre o meu registo nesta LetterBox:

7º Registo de Encontrado, 7 Sombras, 7 Desafios, 7º Favorito

Published in Cantos & Recantos
Friday, 04 March 2016 10:00

Cantos & Recantos #2 S.S. ROUMANIA

Cantos & Recantos #2 S.S.Roumania

Amigos e companheiros aqui estamos com a  rubrica#2 para vos dar a saber/conhecer ou relembrar mais um Cantos & Recantos!

Hoje vamos até à Zona Oeste de Portugal começando a viagem na localidade de Serra do Bouro, foi uma viagem em viatura ligeira, que entre desafios e tempo de deslocação teve uma duração de cerca de 3 horas mas que vale a pena, vale, e que nos leva a visitar alguns Cantos & Recantos de beleza natural e não só que hoje vos dou a saber!

Antes de começarmos a nossa viagem vou dar-vos a conhecer alguns factos históricos sobre o S.S.Roumania da qual as InvisibleCatchers se basearam para criar esta aventura. 

O vapor S. S. Roumania foi construído pela empresa D. & W. Henderson no estaleiro de Meadowshire em Glasgow no Reino Unido.

Media aproximadamente 111 x 11.60 x 8.70 metros e pesava 3387 toneladas brutas, possuía dois motores a vapor com 490 cavalos, que geravam uma velocidade de 14 nós (26 Km/h) e ficou concluído em Novembro de 1881. 

A sua última viagem começou em Liverpool e tinha como destino Bombaim, levava a bordo passageiros e carga, quando um grande temporal originou o naufrágio  do navio próximo da Rocha do Gronho durante a noite do dia 27 ou a madrugada de 28 de Outubro de 1892.

A bordo do vapor encontravam-se 55 passageiros e 67 tripulantes, num total de 122 pessoas, salvaram-se unicamente 2 passageiros e 7 tripulantes, tendo perdido a vida 113 pessoas. Pese embora a proximidade da praia, a acção das ondas e das correntes levou à morte das pessoas por exaustão.

Os passageiros eram missionários, militares e funcionários públicos, com seus familiares e serviçais, os tripulantes eram de origem escocesa e indiana.

A carga do vapor compreendia chitas, fazendas, máquinas de costura e ainda materiais e equipamentos para a construção de uma linha férrea (por exemplo, carris e uma locomotiva desmontada).

Nas semanas seguintes ao naufrágio, deram à costa corpos e bens, o que suscitou a cobiça popular. Os corpos das vítimas foram sepultados nos cemitérios de Famalicão, Serra do Bouro, Óbidos, Vau e Peniche. Parte dos bens salvados foi declarada pelas autoridades, mas a maior parte foi "subtraída" pela população. 

Em 1963, efectuou-se uma tentativa de recuperação da carga e da estrutura do vapor sem efeito devido à acção das ondas e das correntes de maré que ali acontecem.      

Como forma de motivar à descoberta da história, esta Letterbox começa pelo fim, mais precisamente na última morada de todos nós: No cemitério!

De seguida damos com a existência de um diário de bordo que precisaria de uma "análise cuidada", não muito longe do primeiro ponto;

Após verificarmos o diário de bordo damos inicio à nossa “viagem no tempo”, que nos leva até um miradouro com uma vista panorâmica para o Oceano atlântico e de onde se avista o Arquipélago das Berlengas que constitui um verdadeiro monumento geológico, registo importante da história da Terra e da formação dos continentes e oceanos.

Deixando para trás o miradouro vamos agora conhecer uma rua cujo nome atribuído é o nome do vapor.  

Seguimos a nossa viagem até mais um local, deste temos uma panorâmica para a Foz do Arelho (Apesar de tudo não há nenhum rio Arelho, facto que não deixa de gerar alguma perplexidade) permitindo ver a embocadura da Lagoa de Óbidos. Podemos observar uma acumulação de areias em forma de leque localizada no lado do Oceano Atlântico, esta é criada pelas correntes de vazante, mas sofre alterações constantes devido à acção das ondas e das correntes predominantes.

 

O maior troço da viagem leva-nos para a zona da Lagoa de Óbidos, esta preenche uma depressão pouco profunda, estando separada do Oceano Atlântico por uma barreira arenosa evidencia uma barra de maré (Aberta), conservada artificialmente para permitir a comunicação com o mar. Revela um predomínio de água salobra a salgada, tendo pequena quantidade de água doce.

Caminhamos para o ponto final onde nos espera o topo da arriba que apresenta um complexo de dunas, com areias marinhas deslocadas pelo vento sendo a predominância de ventos do quadrante norte e noroeste, o resto da arriba mostra um conjunto de feixes de paleocanais fluviais, contendo conglomerados, arenitos e argilitos do andar Aptiano-Cenomaniano (121-93.5Ma) (local excelente para uma EartCache). 

No fim da aventura, a cereja no topo do bolo é a revelação da possibilidade de avistares o mastro do S.S, Roumania daquele ponto, para tal só precisas de chegar ao ponto final com a maré baixa!   

Por tudo isto e não só, onde os pequenos pormenores que interligam os vários pontos desta viagem e onde se misturam pequenos pormenores da história real com a ficção que esta GeoCache é digna de ser VISITADA por todos os Geocachers, denota-se um grande trabalho de pesquisa, bem estruturada criando um elo de ligação entre todos os pontos e criando em cada um desafios que requerem muita atenção e não só! 

 

Em suma esta GeoCache faz parte da minha lista de Favoritos e Não Só!

Desejo a todos Boas Cachadas e um até já com um outro Canto & Recanto perto de ti,

javs&family

Algumas citações deste texto foram retirados de uma excelente pesquisa de Arlindo Correia 

Published in Cantos & Recantos

Newsletter