21de Agosto,2018

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

30 Dec Written by 

Faz Hoje… anos a Ulveira do Espital

Ulveira do Espital by Team Fafnir, Oliveira do Hospital, distrito de Coimbra.

foto retirada do blog O Rouxinol de Pomares.

Confesso... Escolhi esta cache pelo nome e pelo que fiquei a saber sobre a origem da cidade de Oliveira do Hospital... Desta cidade onde já passei à muitos anos tenho recordação da célebre TÍLIA TOMENTOSA MOENCH de 25m de altura e 4m de diâmetro....

 

A actual sede de concelho nasce na época da 2ª. Cruzada, quando, em São João de Jerusalém, na Terra Santa, é fundado um hospital que irá receber os peregrinos doentes, estropiados e vítimas, por vezes, de ataques e assaltos em tão longa caminhada que os levará junto do Santo Sepulcro.

A existência de um monumento megalítico no “Pinheiro dos Abraços”, a 3 km. da cidade, assegura-nos, porém, que  a  região de Oliveira do Hospital  era já habitada na pré-história, entre 5.000 e 2.000 A .C.

O primitivo nome da povoação havia sido Ulvária, que significa terreno alagadiço onde há ulvas (plantas que se desenvolvem naquele ambiente); de Ulvária terá derivado para Ulveira ou Hulueira e daqui, por analogia, deturpação ou afinidade sónica, para Oliveira. O nome “do Hospital”, ou “do Espital” resulta exactamente da atribuição de uma Comenda à Ordem dos Monges de São João de Jerusalém, a Ordem dos Hospitalários.

Os Monges desta Ordem (a mais importante e estimada das três Ordens militares que se fundaram em Jerusalém após a tomada e recristianização desta cidade pelos Cruzados, a 15 de Julho de 1099), pela relevância da sua benemérita vocação, não só se espalharam pelos diversos territórios onde a reconquista cristã ainda não tinha terminado, como também, por reconhecimento do seu mérito, são prodigamente amparados pelas frequentes doações e heranças com que reis e grandes dignatários da corte os contemplam. Foi assim que, no ano 1120 ou 1122, segundo referem alguns autores, a rainha D. Teresa, na menoridade de seu filho D. Afonso Henriques, fez doação de um povoado chamado Vlueyra do Spital aos cavaleiros da Ordem dos Hospitalários.

José Anastácio de Figueiredo, ilustre historiador do séc. XVIII, escreveu que no Antigo Repertório, Registro ou Inventário do Cartório de Leça, datado do reinado de D. Afonso IV, se achavam referências às primeiras doações feitas pela rainha D. Teresa à referida Ordem, e que, a fls. 13, vol. 2, n.º 189 desse Inventário se lê ter existido uma “Doação que fez a Rainha Dona Tareyia ao Spital derdade q auia ê ssea antre a bouedela & hulueira”.

Essa herdade, sita a ocidente de Ulveira, mas no seu termo, foi o embrião que, desenvolvendo-se, veio a dar uma das mais importantes comendas que a Ordem dos Hospitalários possuiu em Portugal. E supõe-se mesmo que era exactamente em Oliveira do Hospital que a Ordem de Malta tinha a sua sede ou convento principal, implantado no local onde actualmente se encontram o edifício dos Paços do Município e a Igreja Matriz.

Principiou a ser chamada Ulveira do Espital, decorando-se com o nome da Ordem a que pertencia, e os seus habitantes, caseiros ou foreiros dos Hospitalários, eram comummente designados pela denominação específica de homens do Espital.

 

Teve o seu dia de glória em 25 de Abril de 2008, quando do 1ºGeoBeiraSerra, mas que acabou com este disabled... que dá mais um argumento contra os sacos de plástico!

April 27, 2008 by team.fafnir (29 found)
No evento 1º GeoBeiraSerra, constatámos que a cache final tinha sido substituída por umas garrafas de cerveja. Pode dizer-se que foi um requinte de malvadez, pois deixaram o saco plástico original com as garrafas lá dentro.
No entanto confirmo que os participantes no 1º GeoBeiraSerra encontraram a cache!
Será brevemente substiuída.

Team Fafnir

3 comments

  • Comment Link Joaquim Safara 30 December 2010 Joaquim Safara

    [quote name="Torgut"]"três anos a Ulveira do Espital" - Assim de repenre pensei "o que é que essa Ulveira do Espital terá feito para apanhar três anos de cana. Depois é que percebi que estava a ler o GeoPt e não o Público Online que estava aberto noutra janela.[/quote]
    Se nem em Felqueiras, Gondomar, Marco de Canavezes ou aqui em Oeiras vai ninguém de cana, porque é que haveria de ir em Ulveira do Espital...

  • Comment Link hulkman 30 December 2010 hulkman

    Ainda me lembro do dia em que encontrámos esta cache... ou melhor ficámo-nos pelas garrafas de cerveja! Fomos com destino ao evento, e fizemos por lá umas belas caches! Foi um dia em cheio que tão cedo não iremos esquecer!

  • Comment Link Ricardo Ribeiro 30 December 2010 Ricardo Ribeiro

    "três anos a Ulveira do Espital" - Assim de repenre pensei "o que é que essa Ulveira do Espital terá feito para apanhar três anos de cana. Depois é que percebi que estava a ler o GeoPt e não o Público Online que estava aberto noutra janela.

Login to post comments

Newsletter